Os Presidentes francês, Emmanuel Macron, e turco, Recep Tayyip Erdogan, vão discutir um “roteiro diplomático” para a Síria nas “próximas semanas”, indicou este domingo a presidência francesa.

Num comunicado, o Eliseu referiu que os dois chefes de Estado falaram ao telefone no sábado acerca da situação política, da segurança e de questões humanitárias na Síria, incluindo sobre a operação militar turca no enclave curdo de Afrine, no noroeste daquele país.

A Turquia desencadeou a 20 de janeiro uma ofensiva contra Afrine, afirmando pretender desalojar a milícia curda das Unidades de Proteção do Povo (YPG), considerada “terrorista” por Ancara, mas aliada dos Estados Unidos na luta contra o Estado Islâmico.

Apesar de vários apelos à contenção, o Presidente Erdogan reafirmou na terça-feira que a ofensiva não será interrompida “antes da eliminação da ameaça terrorista” na fronteira turca. Oito soldados turcos foram mortos no sábado nos combates, o maior número num só dia desde o início da ofensiva.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A presidência francesa disse que a Turquia e a França querem que se encontre uma solução política para a Síria, sob a égide das Nações Unidas, e que as conversações entre Paris e Ancara “se vão intensificar nos próximos dias”.

Mais de 350.000 pessoas, incluindo mais de 100 mil civis, foram mortas desde o início da guerra na Síria em 2011, enquanto milhões foram obrigados a abandonar as suas casas.