Jogos Olímpicos

Nos Jogos Olímpicos de Inverno até os robots têm uma competição de ski

Na Coreia do Sul por estes dias não há só Jogos Olímpicos de Inverno. Também há robots a esquiar e a competir pelo prémio de 10 mil dólares. O vencedor percorreu a pista em apenas 18 segundos.

A poucos quilómetros de PyeongChang, a Coreia do Sul recebeu por estes dias uma outra prova à margem dos Jogos Olímpicos de Inverno: uma competição de ski para… robots (vestidos com roupa de neve, tamanho de criança). Em causa estava um prémio de 10 mil dólares: ganhava o robot que conseguisse descer a pista de 80 metros mais rápido, depois de contornar todos os obstáculos.

Intitulado “Edge of Robot: Ski Robot Challenge”, o torneio envolveu oito equipas de investigadores de várias universidades, institutos e empresas privadas, cada uma com o seu robot. Para serem qualificados para a prova, as máquinas a imitar figuras humanas tinham de ter pelo menos 50 centímetros de altura, e funcionar de forma autónoma. Ou seja, tinham de ser capazes de se movimentar sozinhos (sem controlo remoto) e ser capazes de contornar obstáculos.

De acordo com os relatos feitos na imprensa internacional, a corrida de robots em cima de esquis, com equipamento de neve, e mecanismos semelhantes a joelhos e cotovelos foi descrita como “hilariante”. O vencedor acabou por ser Taekwon V (cujo nome remete para um desenho animado sul-coreano), da MiniRobot Corp. O vencedor era precisamente um dos robots mais pequenos em competição, com apenas 75 centímetros de altura. Percorreu a pista em apenas 18 segundos.

Os robtos em competição estavam munidos de sensores e câmeras para se desviarem dos obstáculos colocados em longo da posta de 80 metros. O vídeo abaixo mostra como os sensores da MiniRobot Corp funcionaram para evitar as bandeiras azuis e vermelhas e chegar inteiro até à meta.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eutanásia

Carta aos deputados do PSD sobre a eutanásia

Sofia Galvão

Os partidos não pediram um mandato aos eleitores em 2015 para alterar o statu quo no que diz respeito à eutanásia. Também por essa razão, os deputados do PSD têm a obrigação de votar contra.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)