Rádio Observador

Crise dos Refugiados

Migrações: 16 líderes europeus confirmados para reunião com Juncker

Pelo menos 16 líderes da União Europeia vão participar, no domingo, na reunião informal convocada pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, para debater o problema das migrações.

OLIVIER HOSLET/EPA

Pelo menos 16 líderes da União Europeia (UE) vão participar, no domingo, na reunião informal convocada pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, para debater o problema das migrações, na agenda do Conselho Europeu da próxima semana.

“O processo começou com oito países e agora mais oito confirmaram a presença (Bélgica, Holanda, Croácia, Eslovénia, Dinamarca, Finlândia, Suécia e Luxemburgo), o que significa que atualmente são 16”, disse à Lusa fonte comunitária. Na quarta-feira, Juncker anunciou estar “a organizar uma reunião de trabalho informal sobre questões de migração e asilo, a realizar em Bruxelas, no domingo, a fim de trabalhar com um grupo de chefes de Estado ou de Governo de Estados-membros interessados em encontrar soluções europeias, em antecipação da próxima reunião do Conselho Europeu”.

[FrameNews src=”https://s.frames.news/cards/mortes-no-mediterraneo/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”84″ slug=”mortes-no-mediterraneo” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/mortes-no-mediterraneo/thumbnail?version=1527289161420&locale=pt-PT&publisher=observador.pt” mce-placeholder=”1″]

Os oito países iniciais são Grécia, Itália, Espanha, França, Alemanha, Malta, Bulgária (que ocupa a presidência semestral da UE até final do mês) e Áustria (que assume a presidência do Conselho da UE entre julho e dezembro)

Na sua conta da rede social Twitter, Juncker identificou os chefes dos governos grego, Alexis Tsipras, italiano, Giuseppe Conte, búlgaro, Boyko Borissov, maltês, Joseph Muscat, o chanceler austríaco, Sebastian Kurz (país que assume a próxima presidência semestral da UE), o Presidente francês, Emmanuel Macron, o porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, e a conta da presidência do Governo espanhol.

O tema das migrações domina a agenda do Conselho Europeu nos dias 28 e 29 e divide os Estados-membros, nomeadamente no que respeita às regras para acolhimento de refugiados e concessão de asilo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)