Quinze pescadores de Vila do Conde que andavam à pesca de sardinha na embarcação “Cristo é Companheiro” foram esta quinta-feira de madrugada resgatados com vida ao largo da Torreira, em Aveiro e Leixões pela embarcação Vitória Coentrão, que pertence ao jogador de futebol Fábio Coentrão, segundo noticia o Correio da Manhã.

O mestre da embarcação Vitória Coentrão, que pertence ao Fábio Coentrão, é irmão do proprietário da traineira “Cristo é Companheiro”, esclareceu o presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar, José Festas, em declarações ao Observador.

A embarcação do jogador Fábio Coentrão acabou por ser fundamental para o resgate e salvamento dos pescadores que viram o barco onde trabalhavam afundar, ontem de madrugada, ao largo da costa de Aveiro.

O ‘Vitória Coentrão’, que tem o nome da filha do futebolista português, foi comprado no ano passado pelo jogador que decidiu investir num negócio que é o ofício da família.

O comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Carlos Isabel, adiantou que a traineira que naufragou esta quinta-feira ao largo da costa de Aveiro, estava “registada em Vila do Conde” e tinha 21 metros de cumprimento.

O alerta chegou àquela capitania 05:10 e a bordo estavam “15 elementos” a bordo, que depois de terem sido resgatados foram levados para Leixões. O barco começou a meter água e foi ao fundo cerca das 10:00 desta quinta-feira.