O principal indicador que mede o clima de negócios na zona euro recuou 0,09 pontos em julho, face a junho, para os 1,29 pontos, divulgou esta segunda-feira na Comissão Europeia.

De acordo com os dados da Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia, esta quebra deve-se à marcada deterioração das avaliações dos empresários face à carteira de exportações e às expectativas de produção.

A avaliação da disponibilidade de produtos para entrega desceu ligeiramente, enquanto a do histórico de produção melhorou. Este é o segundo mês consecutivo em que indicador que mede o clima de negócios na zona euro recua.