Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um novo vídeo publicado no Twitter mostra o momento em que os desacatos desta quinta-feira na praia de Carcavelos terão começado. Nas imagens é possível ver três rapazes a agredir um outro, que acaba por conseguir saltar para o telhado de um dos bares da zona e fugir.

As imagens corroboram as declarações de Francisco Alves, subintendente da Polícia de Segurança Pública (PSP), que esta quinta-feira explicou o que se tinha passado. À SIC Notícias, Francisco Alves revelou que as agressões começaram com o desentendimento entre dois indivíduos: de seguida, depois de um deles ser agredido pelo grupo de amigos do outro, como se vê nas imagens, o rapaz conseguiu fugir pelo telhado de um bar e pediu ajuda aos próprios amigos, que estavam na praia.

Depois, os dois grupos ter-se-ão envolvido em desacatos que juntaram 100 pessoas. O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa confirma que não foram feitas quaisquer detenções ou identificações, não foi registado nenhum ferido e que, até agora, não foi efetuada qualquer queixa por agressão.

https://twitter.com/Rzxst/status/1025133995489681409

Os agentes da PSP de Oeiras e Cascais presentes no local viram-se obrigados a pedir reforços. “A costa está toda patrulhada, mas face a este número de indivíduos em desordem, a equipa que aqui estava teve de pedir reforço para poder fazer uma intervenção em segurança”, acrescentou o subintendente da PSP. Com a intervenção policial, os indivíduos acabaram por dispersar e fugir.

Agressões provocam desordem e juntam mais de 100 pessoas na praia de Carcavelos