Os trabalhadores dos hipermercados, supermercados e outros estabelecimentos da grande distribuição marcaram uma greve para 12 de setembro.

O anúncio foi avançado pela CGTP que cita um comunicado do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP).

Os trabalhadores reivindicam “a revisão do Contracto Colectivo de Trabalho sem redução do valor pago pelo trabalho suplementar; o aumento dos salários de todos os trabalhadores e o fim da tabela B e a equiparação da carreira profissional dos operadores de armazém à carreira dos operadores de loja/supermercado”.