Portugal foi eleito “o destino a visitar” (Hottest Destination) em 2018 pelos Virtuoso Awards, um prémio atribuído pela maior rede global de viagens de luxo, no âmbito da Virtuoso Travel Week, que decorreu na semana passada em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Num comunicado enviado esta quinta-feira pelo Turismo de Portugal, a secretária de Estado do Turismo referiu que o prémio “é uma ótima notícia e mostra que Portugal se afirma cada vez mais como um destino de qualidade, que é atraente para turistas que gastam mais”. Ana Mendes Godinho considera que esta distinção é “especialmente importante” numa altura em que os EUA são o quinto principal mercado de receitas.

A Virtuoso junta operadores turísticos e agentes de viagens de todo o mundo, contando com 15 mil associados, dos quais nove mil são dos Estados Unidos.

Devemos agora continuar a apostar na experiência turística direcionada a este mercado, não só para que continuem a visitar-nos, mas também, para que comecem a considerar-nos como destino para investir e viver”, disse Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No primeiro trimestre de 2018, Portugal recebeu 354 mil hóspedes norte-americanos, mais 21,3% do que no período homólogo, estando “referenciados como um mercado de aposta”, acrescenta a nota enviada.

O Turismo de Portugal destaca também o reforço das ligações aéreas entre os EUA e Portugal, operadas atualmente pela TAP, SATA, United Airlines, American Airlines e Delta Airlines.