O novo iOS 12 chegou esta segunda-feira aos iPhone (posteriores ao iPhone 5s) e iPad de todo o mundo e já está disponível para fazer download. As novidades da nova versão do sistema operativo da Apple foram anunciadas em junho, durante a conferência anual WWDC. Entre elas está a promessa de uma maior rapidez do dispositivo, um maior controlo sobre o tempo passado em frente ao ecrã e até novos emojis (e personalizados). O objetivo da empresa com esta nova versão foi tornar as tarefas dos utilizadores mais fáceis e responsivas e, ao mesmo tempo, facilitar a comunicação entre as pessoas.

Atualizar agora ou esperar alguns dias?

Tudo depende do que espera da atualização do sistema e até que ponto está disposto a tolerar alguns problemas e possíveis atualizações num curto espaço de tempo.

O novo iOS 12, tal como as versões anteriores, não está imune a possíveis “bugs” que surjam em determinadas funções do dispositivo. A resolução dos problemas implica uma atualização do sistema, sendo muitos deles detetados no início, o que significa várias atualizações do dispositivo em poucos dias, caso opte por instalar agora.

E este é um padrão comum na Apple: o iOS 11, por exemplo, foi lançado em setembro de 2017 e até ao final desse ano teve oito atualizações — três delas durante o primeiro mês. Ao todo, já foram feitas 15 atualizações, incluindo a resolução de bugs relacionados com o envio de emails ou de problemas nos auriculares, a introdução de novos emojis e a melhoria do funcionamento da Siri. O mesmo aconteceu no iOS 10, que foi lançado em setembro de 2016 e, em 30 dias, foi atualizado três vezes.

Apesar destes riscos, a Apple recomenda sempre a atualização do sistema, tendo em conta que não há só um reforço imediato da segurança, como uma melhoria do desempenho do software e do equipamento. Este ano, a promessa da empresa foi uma maior rapidez nos iPhone e iPads com o iOS 12, ao contrário do que aconteceu em janeiro, quando as atualizações acabavam por tornar os dispositivos recentes mais lentos.

O que fazer antes da atualização?

Antes da instalação do novo sistema operativo da Apple (e cada vez que é feita uma nova atualização), é importante fazer uma cópia de segurança dos dados guardados no iPhone ou iPad. É que há sempre o risco de surgir algum erro durante a instalação e, caso não exista uma cópia de segurança, é provável que perca para sempre ficheiros importantes como fotografias, vídeos ou mensagens.

O backup pode ser feito no computador — através do iTunes — ou diretamente no dispositivo, através do iCloud, caso tenha memória para isso. É também importante certificar-se de que há espaço suficiente no dispositivo para receber o novo sistema.

Como fazer a instalação?

Aceda às definições do iPhone ou iPad, depois a Geral > Atualização de Software > Descarregar e instalar.

O iOS 12 está disponível para os modelos a partir do iPhone 5s (inclusive), iPad Mini 2,3 e 4, iPad Air e Air 2, iPod Pro 9.7, 10.5 e 12.9 polegadas (1ª e 2ª geração) e iPod 5ª e 6ª geração, bem como iPod Touch 6ª geração.

A instalação ainda pode demorar algum tempo, tendo em conta que os servidores, por esta altura, estarão a receber milhões de pedidos de download em simultâneo.

O que há de novo?

Uma das grandes novidades do iOS 12 está na velocidade e no desempenho do dispositivo. Tarefas como tirar uma fotografia ou escrever no teclado são agora mais rápidas, mesmo quando há várias aplicações a trabalhar em simultâneo. E mesmo que tenha um dispositivo mais antigo, como o iPhone 5s, o desempenho promete ser melhor, com um aumento de velocidade da aplicação da câmara até 70% e do teclado até 50%.

A nova versão do sistema operativo permite também uma maior otimização da bateria de cada iPhone ou iPad, além de informação mais detalhada, através de gráficos, sobre a sua utilização durante as últimas 24 horas ou 10 dias.

O iOS 12 conta com as seguintes novidades:

  1. Funcionalidade de “Não perturbar”, que permite ocultar as notificações durante um terminado espaço de tempo;
  2. Controlo do tempo passado em frente ao ecrã;
  3. Mais dispositivos podem receber a atualização do sistema operativo;
  4. Aposta na realidade aumentada, como por exemplo uma aplicação que permite medir distâncias;
  5. Novas funcionalidades para a Siri;
  6. Videochamada em grupo (até 32 participantes);
  7. Memojis: mini avatares com o rosto do utilizador;
  8. MacOS Mojave: novo sistema operativo para computadores Mac, que visa facilitar o trabalho de quem edita fotografia e vídeo e quem programa software;
  9. WatchOS: nova versão da Apple Watch, adaptada para as novas tendências do mundo do desporto.

Veja aqui algumas destas novidades mais detalhadas.