Igreja Católica

Ana Maria Jorge é a nova diretora da faculdade que forma os padres católicos. É a primeira mulher no cargo

780

Pela primeira vez, uma mulher (e não um padre ou bispo) é diretora da Faculdade de Teologia. Ana Maria Jorge assume o cargo numa altura em que o Papa defende maior importância das mulheres na Igreja.

Paulo Spranger

A nomeação surpresa do padre (agora arcebispo) José Tolentino Mendonça para dirigir o arquivo secreto do Vaticano deixou um importante lugar vago em Lisboa: a direção da Faculdade de Teologia da Universidade Católica. Para lhe suceder, o Vaticano confirmou esta semana a nomeação de Ana Maria Jorge, a primeira mulher a dirigir a faculdade.

Segundo explica a Rádio Renascença, pela primeira vez, não será um padre ou bispo a liderar a instituição responsável por formar a maioria dos padres católicos portugueses.

Ana Maria Jorge, que era vice-diretora da faculdade, já estava a assegurar, de forma interina, a direção da instituição após a saída de Tolentino Mendonça para Roma.

A nova diretora da Faculdade de Teologia é licenciada em História pela Faculdade de Letras de Lisboa e doutorada em Ciências Históricas pela Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade Católica de Lovaina.

A sua principal área de investigação é a História da Igreja e História do Cristianismo.

A nomeação da primeira mulher para dirigir a faculdade que forma os padres católicos em Portugal surge numa altura em que a discussão sobre o papel da mulher nas instituições da Igreja vai subindo de tom.

Este sábado, o Papa Francisco entregou o prémio Joseph Ratzinger à teóloga francesa Anne-Marie Pelletier e defendeu que é preciso ter mais mulheres “nos diferentes campos de responsabilidade da vida da Igreja”.

É preciso “reconhecer cada vez mais a contribuição das mulheres no campo da investigação teológica científica e do ensino da teologia, consideradas durante muito tempo territórios quase exclusivos do clero”, defendeu o Papa.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt
Igreja Católica

A Europa e a Páscoa dos Cristãos no Mundo

Raquel Vaz-Pinto
357

Ao celebrar a Páscoa e a sua compaixão devíamos reflectir sobre os sacrifícios dos cristãos que vivem longe e fazer a pergunta difícil e dolorosa: conseguiríamos manter a Fé e de seguir o seu exemplo?

Museus

Preservação do Património Cultural

Bernardo Cabral Meneses

As catástrofes ocorridas no Rio de Janeiro e em Paris deverão servir de exemplo para ser reforçada a segurança contra incêndios nos edifícios e em particular nos museus portugueses.

Liberdades

Graus de liberdade /premium

Teresa Espassandim

Ninguém poderá afirmar que é inteiramente livre, que pouco ou nada o condiciona, como se a liberdade significasse tão só e apenas a ausência de submissão e de servidão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)