Cultura

Já escolheu o próximo livro que vai ler?

190

Todos os anos chegam às livrarias portuguesas milhares de livros, entre edições nacionais e outras na língua original. A oferta é cada vez; e como o mais difícil é escolher, nós damos uma ajuda.

Ora, vamos a contas: se, em Portugal, a cada ano, são publicados perto de 17 mil livros, isso significa que, em média, por dia, chegam mais de 40 novas unidades às livrarias. Para um país que ainda tem uma média de hábitos de leitura das mais tímidas da Europa (apenas 32 por cento da população lê com frequência — contra os 72 por cento de Suécia ou 65 de Finlândia –), não nos podemos queixar de tão grande oferta. Mas deixemos os números e concentremo-nos nas letras, essas sim, presença mais habitual nos livros. E são essas mesmas letras que nos proporcionam uma série de benefícios, pois, segundo vários estudos científicos, um livro é muito mais que um bom companheiro de todas as horas; é um bálsamo para corpo e alma.

Ler faz (mesmo) bem

O cérebro é um dos órgãos mais favorecidos pelo hábito da leitura. Segundo um estudo realizado na Universidade de Edimburgo, Escócia, ler potencia a função cognitiva, seja ela verbal ou não-verbal.

Sabia que…

…ler um livro aumenta a longevidade?
A conclusão é de um estudo realizado na universidade norte-americana de Yale que acompanhou, durante 12 anos, os hábitos de leitura de mais de 3600 voluntários. No final da pesquisa, verificou-se que aqueles que liam cerca de meia hora por dia aumentaram a esperança média de vida em 23 meses, comparativamente com os que não o faziam.

Além disso, permite um considerável aumento do vocabulário, como conclui uma pesquisa liderada por investigadores da Universidade da Califórnia, e aumenta a capacidade de raciocínio e memória, sublinha a revista científica Brain Connectivity. Mas a leitura pode também ser um catalisador social e emocional. Pelo menos é isso que garante um estudo realizado por dois psicólogos holandeses que sublinha que ler aumenta a capacidade empática do ser humano. Também ao nível da redução do stresse, um livro pode ser a solução. E para isso, basta fazê-lo 6 minutos por dia, afirmam investigadores da Universidade de Sussex, Inglaterra.

Livros para todos os gostos

Arte, ficção, desporto, poesia, direito, ciência, religião, história, medicina, ensaio, saúde e bem-estar, não-ficção, policial, política, suspense, terror, espiritualidade, infantojuvenil, erotismo, dicionários, thriller. A lista é grande e a oferta maior. Literalmente, existem livros para todos os gostos e pessoas. E cada um desses géneros cativa pelas suas características e ritmos próprios. No universo dos livros, não há fronteiras que forçam divisões, mas sim territórios que se podem fundir.

Quais são os hábitos de leitura dos portugueses?

De acordo com um estudo realizado pela Marktest, sabe-se que, em média, cada português que assume ter o hábito de leitura lê entre 3 e 5 livros por ano. A pesquisa revelou ainda que são as mulheres que mais leem (74 por cento contra 55,4 por cento dos homens) e a faixa etária com mais leitores situa-se entre os 15 e os 24 anos.

Assim, os mais sonhadores e que gostam de narrativas mais apaixonadas, ou ousadas, nas quais o andamento é decidido pela emoção de quem escreve e lê, preferem romances; quem gosta da vertigem da ação, por vezes cinematográfica, opta pelo dinamismo e suspense de thrillers ou policiais; os mais líricos embrenham-se na cadência criativa, breve e compassada da poesia; os ensaios apelam e elevam o raciocínio crítico com sede na e pela experiência alheia; e ainda há quem não prescinda de um bom livro para se inteirar da liberdade de pensamento que deriva das ciências humanas ou do rigor metódico dos estudos mais técnicos. É por isso, pela sua diversidade, que um livro é um desafio constante, um objeto que liberta, faz sonhar ou forma, e está tão perto de nós.

Qual o seu género literário?

Nome: Diana
Idade: 32 anos
Profissão: Administrativa
Género Literário: Romance
Tempos livres: Sempre que pode, vai ao cinema, mas é nos livros que encontra o seu refúgio preferido.

Onde lê: Gosta de ler em casa, no sofá ou na cama, antes de adormecer.
Como vive o livro: Vibra com as histórias como se nelas participasse, projetando-as, por vezes, na sua pessoa.
Como procura novos títulos: Descobre as novidades nas prateleiras dos supermercados, por conselhos das amigas ou em blogs.
Livros que aconselha:

Nome: Roberto
Idade: 44 anos
Profissão: Professor
Género Literário: Policial/Thriller
Tempos livres: Divide-se entre o deporto, principalmente corrida e futebol, e a leitura de livros.

Onde lê: Nos transportes públicos ou durante a pausa de almoço.
Como vive o livro: Encara a leitura como uma espécie de puzzle, onde a narrativa vai sendo construída de forma bem estruturada e todas as “peças” devem encaixar, sem pontas soltas.
Como procura novos títulos: Está muito atento às novidades do mercado, não perdendo uma oportunidade de visitar as livrarias. A Internet é também uma fonte de referência, principalmente os sites especializados em livros.
Livros que aconselha:

Nome: João
Idade: 57 anos
Profissão: Fotógrafo
Género Literário: Literatura
Tempos livres: Sempre que pode, talvez por culpa da profissão, gosta de estar no meio de multidão, de forma anónima, simplesmente a observar quem passa ou está. Além disso, gosta de ir a museus e ler.

Onde lê: Só em casa, pois é no sossego do lar que se consegue concentrar na história.
Como vive o livro: Deixa-se absorver pelos pormenores, gosta de sublinhar as passagens que mais o marcaram e volta frequentemente atrás, de forma a esclarecer qualquer dúvida.
Como procura novos títulos: As novidades chegam-lhe através de revistas literárias online que assina ou em sites ou blogs.
Livros que aconselha:

Nome: Inês
Idade: 23 anos
Profissão: Estudante universitária
Género Literário: Poesia
Tempos livres: Divide-se entre a exigência dos estudos; embrenhar-se na natureza, de preferência junto do mar, onde faz longas caminhadas; e a leitura de livros de poesia.

Onde lê: Sempre de manhã, ao acordar. É assim que procura inspiração para o dia que começa.
Como vive o livro: Sem pressas ou respeitando a ordem das páginas, pois gosta da aleatoriedade daquilo que possa encontrar.
Como procura novos títulos: Nas livrarias e blogs especializados em livros e autores de poesia.
Livros que aconselha:

Nome: Hugo
Idade: 10 anos
Profissão: Estudante
Género Literário: Infantil
Tempos livres: Quando não está a estudar, a jogar futebol ou na frente da consola, gosta de ler, um hábito que herdou dos pais.

Onde lê: Na cama, antes de adormecer, ou aos fins de semana.
Como vive o livro: Com o entusiasmo do que está para vir na próxima página, de algo que lhe possa agarrar um sorriso, provocar um pequeno susto ou a fornecer sua mais recente descoberta.
Como procura novos títulos: Por norma, os livros são ofertas dos pais e avós ou presentes em dia de aniversário. Por vezes, os colegas de turma falam de um autor ou livro que lhe desperta o interesse. Quando isso acontece, o primeiro instinto é ligar o telemóvel e pesquisar no site da Wook.
Livros que aconselha:

Nome: Sofia
Idade: 49 anos
Profissão: Advogada
Género Literário: Literatura estrangeira
Tempos livres: São inteiramente dedicados à família, amigos e aos livros.

Onde lê: Onde consegue e sempre que pode.
Como vive o livro: De forma tranquila, pois ler numa língua estrangeira exige um pouco mais de concentração. Quanto ao género, varia consoante o estado de espírito.
Como procura novos títulos: Quase exclusivamente na Internet, sendo o blog Wookacontece uma das suas fontes privilegiadas.
Livros que aconselha:

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)