Pelo menos sete pessoas ficaram feridas na Venezuela, vários em estado grave, na sequência de um incêndio que deflagrou esta quinta-feira numa plataforma de fornecimento de gás da empresa petrolífera estatal do país (PDVSA).

De acordo com uma fonte citada pela agência de notícias Efe, o incêndio ocorreu devido à queda de uma válvula que estava a ser substituída nas instalações da PDVSA em Guatire, a cerca de 40 quilómetros de Caracas.

Os bombeiros, às 21:00 de quinta-feira (01:00 da presente sexta-feira em Lisboa), continuavam os trabalhos para extinguir as chamas. A imprensa local informou que alguns dos feridos foram levados para um hospital especializado no tratamento de queimaduras, no estado de Zulia, no oeste do país.