O avião da companhia indonésia Sriwijaya com o número de voo SJ270, que ligava esta segunda-feira Bali a Díli, foi desviado quando estava prestes a aterrar na capital timorense devido a problemas no estabilizador, disse à Lusa fonte da empresa.

“O avião estava para aterrar em Díli, mas teve problemas no estabilizador e foi necessário desviar o aparelho para Ujung Pandang”, explicou à Lusa fonte da Sriwijaya, em Bali. A mesma fonte explicou que a pista em Díli não oferecia suficiente segurança para aterrar com o problema no estabilizador e que isso “já é possível” no aeroporto em Celebes do Sul.

Fonte da empresa confirmou à Lusa que viajavam no avião cerca de 110 passageiros. Fonte da aviação civil timorense explicou à Lusa que o problema afeta os flaps do avião e que, por isso, “precisa de uma pista mais longa para aterrar”. “Nestas situações é preciso uma pista de pelo menos dois mil metros e a de Díli só tem 1.450 metros”, detalhou a fonte.

O avião saiu de Bali perto das 10h locais (11h em Díli e 3h em Lisboa) e era esperado em Díli perto das 13h. O site flightradar mostra que o voo aproximou-se do aeroporto, onde deu várias voltas, acabando por regressar para espaço aéreo indonésio, tendo aterrado sem problemas de segurança, em Macassar, a capital de Celebes do Sul. Esta é a segunda vez em menos de um mês que um avião da Sriwijaya regista problemas na ligação com Díli.

Os passageiros do avião da companhia indonésia Sriwijaya, que fez a ligação entre Díli e Bali, tiveram então de fazer parte da viagem com os coletes salva-vidas colocados, depois de terem sido registados problemas no motor direito da aeronave.