GNR

GNR encontra indícios de tráfico de seres humanos em loja chinesa

6.391

GNR está a investigar indícios de tráfico de seres humanos numa loja explorada por chineses no Seixal. Na loja foram encontrados a viver 17 nepaleses, quatro chineses e um romeno.

AFP/Getty Images

A GNR de Almada realizou esta sexta-feira à noite, juntamente com a ACT e a Autoridade Tributária, uma operação de fiscalização a uma loja explorada por chinesas em Paio Pires, Seixal. Na origem da fiscalização estavam suspeitas de trabalho ilegal e insalubridade pública mas, segundo avança o Jornal de Notícias, o que a GNR encontrou foram fortes indícios do crime de tráfico de seres humanos.

Segundo aquele jornal, a GNR encontrou a residir no local 17 cidadãos de nacionalidade nepalesa, quatro cidadãos de nacionalidade chinesa, um romeno, uma brasileira e um português.

Três dos cidadãos nepaleses foram notificados para abandonar o país e 14 foram realojados pela Segurança Social em Lisboa. Foram passados 36 autos por infrações à legislação laboral e ainda foram encontrados, segundo o mesmo jornal, indícios do crime de maus tratos a animais (dois cães).

O caso foi passado para o Ministério Público do Seixal que vai decidir pela abertura ou não de um inquérito criminal pelo crime de tráfico de seres humanos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rdinis@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)