Depois de se saber que caberia à Seat a honra de ser a primeira marca do Grupo Volkswagen, após a Volkswagen, a fazer uso da plataforma (MEB) construída especificamente para servir de base à nova família de veículos eléctricos, eis que não foi preciso esperar muito para ser revelado o primeiro teaser desse modelo, o que aconteceu hoje. Mas menos ainda foi preciso esperar para que a Internet se encarregasse de mostrar o que esse teaser não deixava ver: o protótipo tal e qual ele deverá surgir em Genebra, onde fará a sua primeira aparição pública.

Optando por chamar el-Born ao seu “Volkswagen I.D.”, a Seat não se limita apenas a seguir a tradição de baptizar os seus novos produtos com nomes de localidades espanholas. el-Born é um dos bairros mais trendy de Barcelona e será precisamente esse o espírito que o construtor de Martorell quer colar ao seu primeiro veículo eléctrico alimentado a bateria.

Com uma estética simples e clean, fazendo recordar os Tesla, tudo indica que a imagem deste protótipo se aproxima daquela que será a sua versão comercial. E, se assim for, estamos perante um modelo cuja frente faz lembrar o Model 3, ainda que consiga preservar a identidade estilística da Seat. Já a traseira “encaixa-se” na fotografia libertada hoje pelo fabricante, sendo de destacar a fina faixa a unir os grupos ópticos e o difusor a conferir uma nota de desportividade. O que é ainda mais evidente quando reparamos nas siglas FR no portão da bagageira. A contribuir para uma imagem ainda mais dinâmica, a decoração do pilar C, a fazer a ligação ao spoiler traseiro, realçando assim a linha flutuante do tejadilho.

Contudo, esta fuga de imagens não se limitou ao exterior. Por dentro, também pouco mais haverá por mostrar. O habitáculo do el-Born ainda é o de um protótipo, mas bem que dá ares de um modelo de produção. Os acabamentos são os que habitualmente são oferecidos no nível de acabamento FR, sendo de destacar o painel de instrumentos digital e o ecrã ao centro, na horizontal, orientado para o condutor.

Em termos mecânicos não há que esperar grandes diferenças face ao que a Volkswagen vai propor no I.D. Neo. Ou seja, no mínimo 170 cv de potência (na versão apenas com motor atrás), existindo diferentes capacidades de bateria, capazes de assegurar uma autonomia que pode ir dos 330 km aos 550 km.

Resta aguardar agora por Genebra, para saber mais detalhes acerca deste concept cuja produção se vai iniciar já em 2020, ou seja, pouco depois do lançamento do Volkswagen I.D. Neo, de quem este Seat herdará plataforma, motores e baterias.