Turismo

Governo de Macau prepara “mega operação” turística em Portugal

Entre as várias atividades promovidas em Portugal pelo governo macaense, está um espetáculo de vídeo 'mapping', na Praça do Comércio, um exposição e uma atuação de grupos de rua de Macau em Lisboa.

Macau registou mais de 35,8 milhões de turistas em 2018, um aumento de 9,8% em relação a 2017

José Goulao/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O governo de Macau anunciou esta quarta-feira que vai organizar uma “mega operação” turística em Portugal, na próxima semana, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa de 2019 (BTL), onde o território será o destino internacional convidado deste ano.

A delegação chefiada pelo secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, tem planeada “uma série de atividades que serão conduzidas em Lisboa e no Porto para proporcionar uma atualização sobre Macau enquanto destino turístico, e assinalar este ano especial em que a cidade celebra o 20.º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM)”, apontaram as autoridades do território em comunicado.

De dia 12 de março, um dia antes do arranque da BTL, até 16 de março, vai ser apresentado um espetáculo de vídeo ‘mapping’, na Praça do Comércio, “sobre a história da cidade, as suas ligações a Portugal e recentes desenvolvimentos do destino”.

Macau será o Destino Internacional Convidado da BTL, que decorre entre 13 e 17 de março, e a Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo nomeou Macau como Destino Preferido 2019. Razões pelas quais levaram a Direção dos Serviços de Turismo de Macau a organizar um expositor denominado “Sentir Macau Ao Seu Estilo”, onde vai divulgar “o património da cidade classificado pela UNESCO” e a gastronomia do território asiático, apontou a mesma nota.

“No expositor haverá ainda experiências de viagem a Macau em realidade virtual, com a mascote do turismo de Macau, Mak Mak, a receber e entreter os visitantes”, acrescentaram as autoridades.

Em paralelo, vai haver uma exposição com trabalhos de mais de 30 artistas de Macau, no dia 13 de março, na Delegação Económica e Comercial de Macau, em Lisboa.

No dia seguinte, grupos de dança de rua de Macau vão atuar na Praça do Rossio, Rua Augusta, Praça do Comércio e Ribeira das Naus.

A delegação de Macau vai ainda deslocar-se ao Porto, no dia 15 de março, para a abertura de uma exposição no Edifício Paços do Concelho, onde vão estar patentes “40 desenhos do talentoso jovem artista autista de Macau, Leong Ieng Wai, que retratam monumentos, praças e a vida da cidade”.

Macau registou mais de 35,8 milhões de turistas em 2018, um aumento de 9,8% em relação a 2017. A esmagadora maioria dos visitantes de Macau são do interior da China (25 milhões), um aumento na ordem dos 13,8%. Contudo, os números apontam para uma descida de 1,1% dos turistas internacionais (3,1 milhões).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Igreja Católica

Tríptico europeu /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A Europa do terceiro milénio, perdida a sua identidade cristã, que era a razão de ser da sua unidade e grandeza, é um continente à deriva.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)