“Homem do Jogo? Ainda não fiz a conta aos prémios que recebi mas é gratificante, obviamente. Mas isto é o trabalho de todos nós, daquilo que temos vindo a fazer ao longo do ano. É mérito de todos. Nada se conquista sozinho, mesmo nos prémios individuais é preciso ter uma equipa por trás que nos ajude”, confessava Bruno Fernandes na zona de entrevistas rápidas após o final do Desp. Aves-Sporting, que lhe valeu a nona distinção como melhor jogador em campo (apenas encontros do Campeonato). Nove que até podiam ser mais. Pelo que marca, pelo que assiste e pelo que joga, como foi o caso esta noite. Ainda assim, são os remates certeiros que melhor lhe tiram a pinta e é nesse particular que continua a somar recordes atrás de recordes.

Além de ter superado o melhor registo do médio Frank Lampard numa só temporada (27), o golo apontado pelo internacional português na Vila das Aves colou-o a outro goleador em terrenos mais recuados, Alex – o brasileiro que se notabilizou ao serviço de Cruzeiro e Palmeiras antes de jogar quase uma década nos turcos do Fenerbahçe, entre 2004 e 2013. Em paralelo, e olhando apenas para os jogos do Campeonato, o número 8 superou os 15 golos de Krassimir Balakov numa só temporada, naquele que era até hoje o melhor registo de um médio no clube verde e branco. E somou também a quarta partida seguida a marcar, igualando a melhor série que conseguiu na carreira. Ao todo, e em 47 jogos em 2018/19, Bruno marcou em mais de metade (24), com a nuance de ter agora festejado de cabeça, algo que tinha apenas acontecido até agora com o Feirense.

“É o fruto do trabalho e de muito sacrifício, de muita luta e do trabalho coletivo feito até agora, pois ajudou-me a chegar a este número. Não sou um jogador de marcar de cabeça mas quando é preciso temos de lá estar. Aconteceu hoje. Tive a sorte de apanhar um grande cruzamento do Ristovski e finalizei bem”, destacou a propósito do terceiro golo dos leões.

“Apesar da expulsão logo no início, conseguimos estar equilibrados e fortes mentalmente, manter o foco no jogo que era o mais importante. O Desp. Aves tem uma boa equipa, com qualidade. Sabemos que as equipas quando lutam para não descer e são os últimos pontos disponíveis entram em jogo mais aguerridas porque está quase a acabar e têm de fazer pontos de qualquer maneira. Apesar disso, estivemos muito bem, taticamente muito inteligentes, com mérito do mister pelo que nos passou após a expulsão mas em especial ao intervalo. Fomos capazes de cumprir este plano”, abordou sobre o jogo.

“Melhor momento da temporada? O melhor Sporting desta época, infelizmente, viu-se a espaços. Estamos num período longo de vitórias, o que é positivo, mas não podemos confiar que vitórias tragam mais vitórias. O importante é continuar a lutar, a trabalhar porque daqui até ao fim temos de ganhar todos os jogos”, concluiu Bruno Fernandes.

De referir que, com mais um triunfo, os leões passaram a somar um total de sete triunfos e dez encontros consecutivos sem derrotas (igualando o melhor registo da temporada), ao mesmo tempo que confirmaram a melhor série no Campeonato alcançando também três triunfos como visitante pela primeira vez na presente época.