Os trabalhadores do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, suspenderam a greve marcada para os próximos dias 27 e 28, porque se chegou a um acordo para uma negociação com o conselho de administração, revelou o sindicato.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos, do Audiovisual e dos Músicos (CENA/STE), a primeira reunião protocolar com o conselho de administração da fundação CCB está marcada para 8 de maio. “Durante este período de negociação serão debatidas questões relativas aos salários e respectiva tabela, carreiras e conteúdos funcionais, quadro de pessoal e será feita uma revisão conjunta do Regulamento de Pessoal”, refere o sindicato em comunicado.

O CENA-STE elogiou a abertura do conselho de administração para negociar, “tendo em vista um acordo”, mas lamentou que se tenha perdido “um ano após a apresentação em março de 2018 do Caderno Reivindicativo, onde já constavam todas estas matérias”.

O sindicato tinha apresentado um pré-aviso de greve para os dias 27 e 28, que iria afetar o festival Dias da Música.

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores estão a reformulação da tabela salarial e do plano de carreira, a negociação do Acordo de Empresa e a contratação de mais trabalhadores.