Rádio Observador

Land Rover

Confirma-se: Defender terá versões electrificadas

A Land Rover tem vindo a libertar, paulatinamente, dados acerca do futuro Defender. O icónico todo-o-terreno vai ter uma versão mild hybrid, um híbrido plug-in e especificações exclusivas na China.

Autor
  • Observador

O novo Defender tem feito correr alguma tinta. Não que abunde a informação acerca da nova geração do icónico todo-o-terreno, mas sim porque a Land Rover abraçou uma estratégia que se apoia na divulgação de dados “a conta-gotas”. Depois de ter escapado uma foto que mostra o interior do jipe inglês, a marca fez saber que o novo Defender será apresentado algures em Setembro. Isto, apesar de já ter entrado ao serviço da protecção dos animais e de ter sido a estrela num encontro com o príncipe Harry. Sempre camuflado.

A novidade, agora, é a confirmação de que nem o mais “durão” dos Land Rover se vai livrar de dar o seu contributo para baixar as emissões de CO2 do fabricante, que é (tal como a Jaguar) controlado pelos indianos da Tata. Em jeito de antecipação, ou talvez para dar tempo a que os indefectíveis do modelo se vão habituando à ideia, a Land Rover adianta que o emblemático todo-o-terreno prevê versões electrificadas. Ou seja, a par da habitual família de motores Ingenium, a gasolina e diesel, o futuro Defender contará com uma solução mild hybrid, em que a mecânica é apoiada por um sistema eléctrico de 48V. Confirmada está igualmente a inclusão de um híbrido plug-in na gama de motorizações, o que significa que o Defender vai conseguir percorrer, pelo menos, 50 km em modo exclusivamente eléctrico.

A próxima geração do 4×4 inglês, que a Land Rover quer vender como nunca, é montada sobre a Modular Longitudinal Architecture, uma nova plataforma que obrigou a prescindir da tradicional construção de longarinas, em prol de um chassi monobloco, capaz de acomodar a electrificação. Os eixos rígidos cedem lugar a uma suspensão traseira independente, com barra estabilizadora e sistema pneumático, num conjunto em tudo semelhante ao do Discovery. Por isso, não é de estranhar que o plano seja produzi-los lado a lado, em Nitra, na Eslováquia.

Porém, não vai haver apenas “um” Defender. Enquanto todo o mundo aguarda pelo que sairá das linhas de produção eslovacas, os chineses terão direito ao seu próprio Defender, que será produzido localmente, de acordo com especificações exclusivas para esse mercado.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)