Rádio Observador

Mundo

Submarino francês “La Minerve” encontrado meio século após o seu desaparecimento

150

Os destroços do submarino militar naufragado foram encontrados no mar Mediterrâneo por um navio americano. Estava desaparecido deste 1968 e tinha 52 pessoas a bordo.

O submarino francês "La Minerve" foi encontrado ao largo de Toulon, 50 anos depois do seu naufrágio

Sebastien Chenal

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O submarino francês “La Minerve”, que desapareceu em 1968 com 52 homens a bordo, foi encontrado ao largo de Toulon, 50 anos depois do seu naufrágio, anunciou a ministra das Forças Armadas francesa, Florence Parly.

“Acabamos de encontrar o [submarino] Minerve. É um sucesso, um alívio e um feito técnico. Penso nas famílias que esperavam por este momento há tanto tempo”, escreveu Florence Parly na sua conta da rede social Twitter.

Os destroços do submarino naufragado foram localizados no Mediterrâneo, a 45 quilómetros de Toulon, a 2.370 metros de profundidade, pelo navio americano Seabed Constructor, que chegou na passada terça-feira para participar nas buscas e forneceu uma confirmação visual da localização do Minerve, indicou um responsável da Marinha nacional à agência de notícias France-Presse.

Em 27 de janeiro de 1968, o submarino militar, em exercício a cerca de 30 quilómetros de Toulon, afundou-se em apenas quatro minutos.

Apesar das operações de socorro imediatamente realizadas, os destroços nunca tinham sido localizados.

Em outubro passado, familiares dos desaparecidos lançaram um apelo para que as buscas fossem retomadas.

Desde o anúncio de Florence Parly, no início do ano, da retoma das operações, especialistas propuseram-se a redefinir a área onde era mais provável que os destroços estivessem localizados.

Muitas causas foram mencionadas para explicar o acidente: uma avaria, uma colisão com um barco, a explosão de um míssil, um torpedo ou um acidente do tubo de ventilação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Socialismo

Má-fé socialista /premium

José Miguel Pinto dos Santos

Não é a situação social em Portugal muito melhor que na Venezuela — e que nos outros países socialistas? Sim, mas quem está mais avançado na implantação do socialismo, Portugal ou Venezuela?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)