Tudo começou nas redes sociais, quando circulou a informação de que crianças e jovens até aos 24 anos podem receber entre 62 e 121 euros da Segurança Social apenas por usarem óculos, independentemente do problema de visão. O jornal Público conta que esta bonificação por deficiência está prevista na lei há muitos anos, mas que, ao tornar-se viral, a mensagem das redes sociais desencadeou uma corrida ao subsídio.

⚠️⚠️QUEM NÃO QUISER LER QUE NÃO SE DÊ AO TRABALHO…PARA PESSOAS QUE TEM MENORES A USAR ÓCULOS⚠️⚠️Como eu, muita…

Posted by Rafa Miranda on Monday, July 8, 2019

Muitos médicos oftalmologistas estão a receber pedidos de preenchimento do requerimento. E o Instituto da Segurança Social reconheceu ao Público que registou “um aumento significativo de requerimentos com esta fundamentação em alguns distritos”, estando, por isso, a avaliar o enquadramento e a “eventual necessidade de clarificação”.

Perante a avalancha, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia entende que os médicos devem recusar atestar deficiência quando for o caso.

Para crianças até aos 14 anos, a bonificação ronda os 62 euros por mês; entre os 14 e os 18 o valor aumenta para para 91 euros; e dos 18 aos 24 anos atinge os 121 euros, desde que os jovens não trabalhem. Acresce ainda uma majoração de 35% se o agregado familiar for monoparental, de acordo com o Público.

Estando agregada ao abono de família, a bonificação pode ser pedida por qualquer agregado familiar que tenha menos de 104.582 euros em depósitos ou investimentos.