Rádio Observador

Serviço Nacional de Saúde

Portal assinala 40 anos do Serviço Nacional de Saúde para recordar “pilar da democracia”

Portal destaca "uma das mais importantes conquistas do regime democrático e um importante pilar da sua legitimação" e homenageia cerca de 20 ministros que passaram pelo SNS nos últimos 40 anos.

No portal é ainda traçada uma "cronologia" dos últimos 40 anos do SNS

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O Ministério da Saúde lançou um portal para assinalar os 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que tornou o acesso a cuidados de saúde “geral, universal e gratuito”.

O portal recorda a criação do SNS, a 15 de setembro de 1979, destacando a “grande reforma, realizada por António Arnaut,” sendo que a “audácia dos seus criadores” trouxe “uma das mais importantes conquistas do regime democrático e um importante pilar da sua legitimação”.

Cerca de duas dezenas de ministros ao longo dos 40 anos do SNS são recordados no novo portal.

Numa mensagem no novo site, a atual ministra Marta Temido recupera as palavras do fundador António Arnaut para descrever que o SNS mudou Portugal: “Melhorou a qualidade de ida, a justiça social, a confiança e a dignidade dos portugueses”.

Com o SNS, o acesso a cuidados passou a ser universal, porque garante o direito à saúde a todos, independentemente da sua condição económico-social. Passou também a ser gratuito, embora financiado pelos contribuintes.

No portal é ainda traçada uma “cronologia” dos últimos 40 anos do SNS, começando na sua criação, em 1979, até aos dias de hoje, em 2019, com o projeto de “um modelo de gestão autónoma para os hospitais”.

A erradicação mundial da varíola, em 1980, a carreira de enfermagem, a aprovação da Lei de Bases da Saúde de 1990, o início do programa de transplantes hepáticos e a introdução de novas vacinas são algumas das efemérides ou conquistas assinaladas na cronologia.

Contactada pela agência Lusa, fonte oficial do Ministério da Saúde indicou que o portal vai sendo dinamizado, com “atualizações constantes”, não só a recordar marcos históricos ao longo das últimas quatro décadas, como também com introdução de iniciativas relacionadas com o SNS.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Serviço Nacional de Saúde

SNS: Os Humanos

Fernando Leal da Costa

O Ministério não valoriza os seus melhores. Paradoxalmente, demoniza o recurso a todo o sistema, afunila a procura para um SNS saturado e, ao mesmo tempo, não valoriza os recursos humanos que tem.

História

O azar do museu Salazar /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A ignorância e o fanatismo, que estão na origem dos totalitarismos, combatem-se com a verdade e o conhecimento. A ditadura não se vence com a ignorância, mas com a ciência.

Universidade de Coimbra

Fraca carne

Henrique Pereira dos Santos
897

Substituir carne por peixe (ou por vegetais), sem saber de que sistemas de produção (e de que ciência) estamos a falar é completamente vazio do ponto de vista da sustentabilidade ambiental.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)