Rádio Observador

Star Wars

Ewan McGregor volta a ser Obi-Wan Kenobi e outras novidades da “Guerra das Estrelas”

Foi na conferência D23 que o ator escocês lançou a novidade. O "spin-off" será em formato série e vai passar na Disney+, o serviço de "streaming" que deverá estrear a 12 de novembro.

Ewan McGregor interpretou o papel de Obi-Wan Kenobi na segunda trilogia da "Guerra das Estrelas"

O ator Ewan McGregor vai voltar a vestir a pele do mestre jedi Obi-Wan Kenobi numa nova série exclusiva do canal de streaming (também ele ainda por estrear) Disney +. Segundo a Reuters, foi o próprio ator escocês que revelou a novidade perante as centenas de fãs que esta última sexta-feira, 23 de agosto, marcaram presença na convenção D23, anualmente organizada pela própria Walt Disney.

McGregor subiu ao palco principal do evento, envolto em enormes aplausos, e declarou que estava muito aliviado por finalmente poder revelar a novidade de que ia voltar ao papel que interpretou em quatro filmes da saga “Guerra das Estrelas”.

“Foram quatro anos sempre a dizer ‘bem, não sei’, mas agora já posso dizer que sim, vamos mesmo fazer isto”, afirmou o ator. Espera-se que as filmagens comecem no próximo ano, revelou a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy.

A Disney aproveitou o mesmo evento para revelar outra novidade da “Guerra das Estrelas”, a aposta numa outra série, “The Mandalorian”, que também será exibida através do canal de streaming Disney+. Uma das grandes estrelas desta historia aparenta ser o mercenário Boba Fett, personagem importante da trilogia inicial da saga criada por George Lucas.

Pedro Pascal, ator que se destacou pelos seus papeis n’”A Guerra dos Tronos” e no “Narcos”, deverá ser o ator principal deste novo seriado que tem estreia marcada para o dia 12 de novembro, data do lançamento oficial da tal plataforma de streaming que pretende infiltrar-se num mercado totalmente dominado pela Netflix.

Revelado poster de “Rise of Skywalker”

Outra novidade saída deste grande evento foi a de que o próximo filme da saga “Guerra das Estrelas”, o “Rise of Skywalker”, já tem poster oficial.  Na imagem publicitária vê-se Rey (Daisy Ridler) e Kylo Ren (Adam Driver) a lutar com os seus sabres luz — azul e vermelho, respetivamente — perante o olhar atento de uma personagem misteriosa com um capuz e os olhos vermelhos.

A par desta revelação foi também mostrado um breve apanhado de imagens — as primeiras a ser divulgadas após a divulgação do trailer oficial que foi divulgado no último mês de abril — que só chegarão ao público geral a partir da próxima segunda-feira.

Nesse apanhado, conta a Entertainment Weekly, vê-se um duelo entre Rey e Kylo no meio de uma tempestade no mar; uma enorme frota de naves Star Destroyers; um plano do capacete de Darth Vader; Finn (John Boyega) e uma nova personagem chamada Jannah (Naomi Ackie); o robô C3P0 com olhos vermelhos; um vislumbre de Leia (a falecida Carrie Fisher) e ainda uma outra, a que mais chocou o público, onde se vê Rey com um roupão preto e um sabre luz com duas lâminas.

Este “Rise of Skywalker” promete concluir a história de nove filmes que começou em 1977 com “Star Wars: Episódio IV — Uma Nova Esperança”.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt
Global Shapers

Quando chegará o último Aquarius?

Hugo Menino Aguiar

É preciso conciliar a liberdade de movimento enquanto direito humano fundamental e a gestão económica, cultural e social das migrações - e permitir que esta segunda vertente seja sobrevalorizada.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)