Um adolescente norte-americano morreu, nos EUA, depois de ter sido agredido e esfaqueado durante uma discussão com outros. O grupo de jovens que presenciou a luta e o crime ficou a filmar a disputa, em vez de ajudar a vítima.

O incidente ocorreu na passada segunda-feira, num centro comercial ao ar livre em Long Island (Nova Iorque), refere o New York Times. Khaseen Morris, de 16 anos, estava com uns amigos quando um outro grupo de jovens o atacou, num encontro que tinha sido previamente combinado, de acordo com as autoridades, citadas pela CNN.

Cerca de 50 adolescentes que estavam por perto não só não o ajudaram como alguns até filmaram a discussão com os seus telemóveis.

O motivo da discussão? Uma rapariga. Khaseen Morris foi esfaqueado e ainda foi encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morreu nessa mesma noite. Outros dois jovens ficaram feridos na disputa.

O principal suspeito do esfaqueamento, Tyler Flach, de 18 anos, foi detido esta quarta-feira e acusado de homicídio. Foi presente a tribunal no dia seguinte e declarou-se inocente. O advogado do suspeito deu a entender que a vítima estaria ligada a um gangue, mas as autoridades já desmentiram esta informação.