A portuguesa de 22 anos residente na Suíça que estava desaparecida há cinco dias foi encontrada esta terça-feira em França e está “bem de saúde”, anunciou a polícia de Neuchâtel.

A jovem foi encontrada de manhã na cidade de Pontarlier, França, a mais de 50 quilómetros da cidade onde vive, graça a testemunhos transmitidos à Polícia Judiciária que ajudaram a localizá-la. As autoridades alegam que a jovem se encontra bem de saúde e agradecem a todos quantos partilharam o aviso de desaparecimento nas redes sociais.

A jovem de 22 anos desapareceu na quinta-feira, 17 de outubro, na Suíça. Cláudia Faustino tinha sido vista pela última vez na sua casa, em du Locle. Cinco dias depois, a polícia de Neuchâtel lançou um apelo que já foi partilhado no Facebook.

Segundo o comunicado das autoridades suíças, Cláudia “sofre de um ligeira deficiência mental e é psicologicamente frágil. Fala português e exprime-se mal em francês”.

O alerta das autoridades suíças

Mostrar Esconder

Leia aqui o alerta das autoridades suíças

A jovem não contactava os familiares desde as 8h00 de quinta-feira, avança o Correio da Manhã.

(Artigo atualizado às 18h38 com a informação de que a portuguesa já foi encontrada)