A jovem ativista sueca, Greta Thunberg, vai passar por Portugal já esta semana, mas não terá tempo para passar na Assembleia da República (AR) como estava previsto. Greta chegará à Doca de Santo Amaro após as 8h da manhã desta terça-feira, segundo confirmou a Associação Zero em comunicado enviado às redações, e não à Doca de Alcântara, como estava inicialmente previsto. No entanto, como a viagem numa embarcação de recreio já dura há 15 dias, depois da partida dos Estados Unidos, a jovem sente-se cansada, avançou ao Expresso uma fonte da sua equipa.

Ainda assim, nas 24 horas que estará em solo português, Greta Thunberg deverá dar uma conferência de imprensa à chegada, na Doca de Santo Amaro onde estarão presentes os responsáveis por associações relacionados com a defesa do clima, assim como o próprio presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina.

A receção à ativista contará com a participação de jovens portugueses ligados ao movimento da Greve Climática, que tem levado a cabo manifestações em várias sextas-feiras pelo combate às alterações climáticas. Serão igualmente ouvidos o comandante do barco, Riley Whitelum, e um dos marinheiros da tripulação, Nikki Henderson.

A cerimónia será transmitida pela RTP. Depois seguirá de comboio para Madrid, Espanha, onde deverá decorrer a Cimeira do Clima, entre 2 e 13 de dezembro — um evento em que Portugal irá participar.

Greta Thunberg tinha sido convidada para participar numa sessão na Assembleia da República promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará esta semana.

Entretanto a jovem colocou na rede social Twitter que previsivelmente chegará a Lisboa esta terça-feira.

*Notícia atualizada às 16h de segunda-feira com informação detalhada do horário de chegada da ativista e dos participantes na conferência de imprensa