O Presidente iraniano, Hassan Rouhani, afirmou esta quarta-feira que o Irão não “fechou a porta” a negociações com os Estados Unidos, mas coloca como condição que o governo de Donald Trump levante primeiro as sanções impostas. A declaração do Presidente iraniano foi publicada na página oficial da presidência.

Hassan Rouhani disse que não “há barreiras do lado iraniano para encontros com os chefes das nações 5+1, referindo-se aos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, incluindo os Estados Unidos. “Assim que os Estados Unidos suspendam as sanções injustas, os chefes das nações 5+1 podem encontrar-se imediatamente. Não temos problema nenhum” com isso, afirmou.

Hassan Rouhani disse também que o Irão não tem outra opção senão “desafiar aqueles que impuseram sanções a Teerão”, mas não fecha “a porta às negociações”.