O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou esta terça-feira processos disciplinares a Vitória de Guimarães e Benfica, na sequência dos incidentes registados no Estádio D. Afonso Henriques, durante o encontro da I Liga portuguesa.

A instauração dos processos a vitorianos e encarnados consta do mapa de castigos da 15.ª jornada da I Liga, divulgado esta terça-feira no site oficial da FPF.

No sábado, durante o encontro disputado em Guimarães, que o Benfica venceu por 1-0, com um golo do argentino Cervi, o árbitro Nuno Almeida foi obrigado a interromper a partida em quatro ocasiões, devido ao arremesso de tochas para o relvado. Além disso, registaram-se ainda incidentes entre adeptos das duas equipas, os quais chegaram mesmo a arremessar cadeiras.

Deste jogo resultou ainda uma multa de 3.570 euros para o Vitória de Guimarães, por reincidência na utilização da aparelhagem sonora por parte do speaker enquanto o encontro decorria.