O Instituto Médico Legal de Los Angeles, nos Estados Unidos, identificou oficialmente o corpo de Kobe Bryant, 41 anos, que morreu, no domingo, quando o helicóptero Sikorsky S-76 caiu a pique em Calabasas, na Califórnia, segundo o jornal El Mundo. Sabe-se agora que o ídolo dos Los Angeles Lakers foi identificado através das impressões digitais, segundo revelaram os especialistas forenses, que também já conseguiram concluir a identidade do treinador de basebol, John Altobelli, que morreu no acidente acompanhado pela sua mulher, Kery e a filha, Alyssa. Por identificar, estão ainda as outras cinco vítimas, incluindo a filha de Bryant, Gianna, de 13 anos.

As autoridades também já chegaram à conclusão de que o helicóptero não tinha um sistema de alerta recomendado para avisar o piloto quando estava demasiado perto do solo. No entanto, os investigadores não sabem se essa tecnologia teria conseguido evitar o acidente. Também foi identificada a falta de uma caixa negra com gravador de dados de voo, o que tornaria mais fácil apontar a causa do acidente.

Segundo a polícia, a região estava dominada por um denso nevoeiro e o experiente piloto da aeronave ainda tentou sair da neblina, mas não conseguiu evitar a colisão contra uma colina. A National Transportation Safety Board, a entidade americana encarregue da segurança do tráfico aéreo, revelou imagens do local do acidente. No vídeo, são visíveis os restos da aeronave.

O bimotor Sikorsky S-76B bateu numa encosta 60 segundos depois e explodiu em chamas, vitimando todas as nove pessoas que estavam a bordo, de acordo com os detalhes do acidente revelados pela autoridade norte-americana de segurança da aviação. Os investigadores estimam que o helicóptero de luxo de Bryant atingiu o solo a uma velocidade de mais de 600 metros por minuto. “É uma descida bastante íngreme em alta velocidade”, confirmaram as autoridades.

“O tempo da descida ao impacto foi provavelmente de cerca de um minuto.”

Os investigadores ainda não conseguem dar uma explicação para o que pode ter levado a aeronave a inclinar-se abruptamente para um dos lados e depois cair. Mas supõem que o helicóptero ainda estava inteiro antes de atingir o solo.

A morte de uma das maiores estrelas da NBA chocou o mundo e Bryant recebeu milhares de homenagens de fãs, políticos, artistas, atletas e clubes nas redes sociais.

NBA: “Remembering Kobe Bryant”

Esta sexta-feira, no Staples Center, em Los Angeles, está tudo preparado para mais uma noite emotiva de tributo a Kobe Bryant. Vai ser difícil conter as lágrimas durante o primeiro jogo em casa da equipa dos Los Angeles Lakers após o falecimento da lenda da NBA porque, segundo a cadeia de televisão ESPN, é possível que a mulher do jogador, Vanessa, e alguns membros da família do génio de Filadélfia, participem na homenagem que está a ser preparada pelos Lakers.

A liga norte-americana de basquetebol recolheu, entretanto, alguns dos melhores momentos do atleta que se notabilizou ao serviço dos LA Lakers e que deixou a sua marca, não só no clube, como também na NBA e na modalidade. “Remembering Kobe Bryant”, recordar Kobe Bryant, traduzido para português, é o título do vídeo de homenagem que a NBA preparou para a lenda do basquetebol mundial.