Antes de entrarem em palco para o intervalo mais caro do mundo, Jennifer Lopez publicou no Instagram uma fotografia com Shakira, que é colombiana, e deixou um desafio à amiga de longa data: “Vamos provar-lhes o que duas raparigas latinas podem fazer”.

J. Lo. queria recordar as raízes porto-riquenhas no primeiro intervalo do Super Bowl conduzido apenas com artistas latinos. E conseguiu: enquanto a filha cantava “Let’s Get Loud”, Jennifer Lopez surgiu com um vestido a recordar a bandeira norte-americana, mas que se transformou na bandeira do Porto Rico quando o despiu.

Foi uma mensagem de fraternidade que chegou numa altura em que a National Football League (NFL), a liga de futebol norte-americano, se vê em mãos com críticas sobre a falta de diversidade racial na arbitragem e entre os treinadores. Num universo com 70% de atletas negros, só 28% dos árbitros o são. E entre os cinco mais recentes treinadores de clubes da NFL, apenas um não é caucasiano.

O intervalo do Super Bowl foi pautado por alguns clássicos tanto de Jennifer Lopez como de Shakira. A colombiana foi a primeira a entrar em palco e interpretou “She Wolf” e “Whenever, Wherever” agitando as ancas como tem habituado o público desde o início do milénio. Depois, já na companhia de J. Balvin, prosseguiu o espetáculo com “Puro Chantaje”, “Hips Don’t Lie” e “I Like It”, cantada originalmente por Cardi B.

Só depois entrou Jennifer Lopez, que arrancou a interpretação com “Jenny From the Block”. Depois, J. Balvin voltou a entrar em palco para cantar “Mi Gente” com a nova-iorquina, mas foi ao lado da filha, Emme Maribel Muñiz, que deixou “uma representação do sonho americano”. Foi assim que J. Lo. descreveu a atuação ao lado da rapariga em entrevistas antes do espetáculo. E talvez por isso tenha escolhido temas como “Born in the USA”.

Música à parte, outros momentos marcaram a primeira atuação exclusivamente com artistas latinos no intervalo do Super Bowl. Houve aquela parte em que Jennifer Lopez subiu um varão e fez algumas acrobacias reveladoras. E quem diria que, depois de se ter atirado para cima do público, Shakira ainda se atreveria a mostrar a língua à câmara.

Veja o espetáculo completo do intervalo do Super Bowl aqui em baixo. E recorde os melhores momentos na fotogaleria.