Pelo menos 6 pessoas morreram, incluindo o suspeito, esta quarta-feira num tiroteio numa cervejeira na cidade de Milwaukee, no estado norte-americano do Wisconsin, confirmou o presidente do município, Tom Barret.

“Ocorreu um tiroteio horrendo”, afirmou o presidente da Câmara de Milwaukee, citado pela agência Associated Press, referindo que entre os mortos está o alegado atirador, mas ainda não há confirmação sobre o número total de vítimas.

Donald Trump condenou pouco depois o sucedido: “Um homicida maléfico abriu fogo contra a fábrica de cerveja Molson Coors, retirando a vida a cinco pessoas. É algo terrível e os nossos corações estão com as pessoas de Wisconsin”, afirmou o Presidente dos Estados Unidos.

Tom Barret adiantou que as autoridades locais pediram “a todos os residentes e pessoas que estejam naquela área para ficarem em casa”, acrescentando que “é um dia horrível para os funcionários” daquela cervejeira.

A polícia afirmou na rede social Twitter que já não havia uma ameaça ativa, mas as autoridades não revelaram mais detalhes sobre o atirador ou como decorreu o incidente.