As primeiras unidades do Model Y começaram a sair da linha de produção ainda durante Janeiro, ou seja, um ano antes do originalmente previsto, uma vez que o SUV da marca mais pequeno do que o Model X estava agendado para arrancar apenas em 2021. Aliás, é esta a informação que ainda se pode ver no site português da Tesla. E após pouco mais de um mês de produção, o Model Y já começou a abandonar a fábrica da Tesla na Califórnia – será igualmente montado na China e na Alemanha – rumo aos clientes. Como, aliás, testemunham as fotos tiradas em Fremont, que pode ver acima.

O fabricante já informou os primeiros clientes que podem esperar, entre 15 e 30 de Março, o Model Y que encomendaram. De momento, apenas nos EUA, não existindo ainda uma data avançada pela marca americana para o início das entregas a clientes no Velho Continente.

Juntamente com a expedição das primeiras unidades do Model Y para os clientes que depositaram 2500 dólares para confirmar a encomenda, a Tesla informou igualmente os candidatos a tornarem-se donos do SUV,  com versões de cinco ou sete lugares, que a versão Long Range com apenas tracção traseira (RWD) está pronta para ser enviada para os interessados.

Sucede que esta versão do Model Y nunca esteve disponível para compra e continua a não ser mencionada no site da marca, tanto em Portugal como nos EUA. Será necessariamente mais barata, por possuir apenas um motor e um sistema de gestão mais simples, da mesma forma que deverá possuir uma maior autonomia, por ser mais leve, o que lhe assegurará um consumo inferior.

O Model Y já tem homologação de consumos levada a cabo pelos americanos da EPA, aguardando-se que aconteça o mesmo com a norma europeia WLTP, o que deverá acontecer mais próximo das entregas se iniciarem do lado de cá do Atlântico. Contudo, a marca que fez reflectir de imediato as melhorias na eficiência do SUV de acordo com a EPA, não procedeu de igual forma em relação às estimativas para a autonomia em WLTP. Isto pode explicar que, entre as versões Long Range do Model 3 e Model Y, este último anuncie apenas menos 11 km entre recargas, ao passo que em WLTP essa diferença ainda é de 55 km. E enquanto a diferença entre os valores em EPA e WLTP para o Model 3 é 42 km superior neste último, acontece exactamente o contrário com o Model Y, que em EPA reivindica mais 2 km do que em WLTP.