Em cerca de metade do território espanhol passa-se esta segunda-feira para a Fase 3 do “desconfinamento”, com outras regiões a passarem para a Fase 2. E o governo publicou oficialmente as regras que vão reger este novo período: nos territórios que passam para a Fase 3 passam a poder abrir estabelecimentos de diversão noturna, como discotecas, mas os clientes não vão poder… dançar.

El Mundo explica que a proximidade corpo a corpo é algo que as autoridades de saúde querem evitar. As discotecas podem abrir com até 30% da clientela habitual – os estabelecimentos que tiverem espaço ao ar livre podem (e devem) disponibilizar esses espaços aos clientes. Quanto à pista de dança, esta pode ser ocupada com mais mesas, permitindo garantir um maior distanciamento entre os clientes.

Além das discotecas, também as praças de touros vão reabrir, com 30% da capacidade, lugares marcados e nunca mais de 400 pessoas nos territórios que passam para a Fase 2. Na Fase 3 já se pode ir aos 50% mas sem exceder as 800 pessoas presentes em cada evento – ainda assim uma pequena fração dos lugares disponíveis nas principais praças de tauromaquia.

Nas zonas que passam para a Fase 3, também os casinos e bingos podem reabrir, com até metade da sua capacidade. As áreas que passam para a Fase 3 na segunda-feira são Andaluzia, Aragón, Astúrias, Baleares, Canárias, Cantábria, Galiza, Murcia, Navarra, País Basco, La Rioja e Melilla.