As declarações caíram como uma bomba na bolha interna do Barcelona. No final do empate a zeros com o Sevilha, que deixou os catalães à mercê de serem igualados pelo Real Madrid, Piqué pareceu deitar a toalha ao chão e entregar o título espanhol aos merengues. Quique Setién procurou enquadrar as frases do jogador quando surgiu na conferência de imprensa, a possibilidade de um castigo já surgiu na comunicação social mas a opinião, essa, foi pública e é importante. E pode ser um foco de desmotivação para o Barcelona e funcionar no caminho inverso para o Real Madrid.

“Ao ver como é que os jogos acabaram até agora, vai ser muito difícil para nós ganhar a liga. Este empate deixa-nos numa posição em que já não dependemos apenas de nós próprios. E ao olhar para os jogos, é difícil imaginar que o Real Madrid vá perder pontos. Mas vamos continuar a dar tudo para tentar e para tentar ganhar”, disse o central espanhol, que parecia entregar desde já a conquista da liga espanhola ao Real Madrid. E a verdade é que, com o empate do Barcelona e com as duas vitórias inequívocas nesta retoma, a equipa de Zidane só precisava de ganhar este domingo à Real Sociedad para se colocar lado a lado com os catalães na liderança da tabela.

Defender livres de Messi com barreiras de oito funcionou e Sevilha “secou” Barcelona (no jogo com invasão de campo virtual)

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.