O estágio da seleção portuguesa de judo, que decorre em Coimbra desde quarta-feira, marca o início da preparação dos atletas mais cotados para as próximas competições, disse à agência Lusa o presidente da Federação.

“Estamos a começar a trabalhar com o objetivo de preparar o campeonato da Europa, que se realiza entre 8 e 10 de novembro, e o circuito mundial, que também, se tudo correr bem, começará em outubro, e também a pensar em Tóquio 2021 e Paris 2024”, salientou Jorge Fernandes.

Sob todas as medidas de segurança definidas pela Direção-Geral da Saúde, o estágio envolve mais de três dezenas de atletas, que, segundo o dirigente, “estão alegres, motivados e querem treinar”, depois de vários meses confinados.

O presidente da Federação Portuguesa de Judo (FPJ) salientou que os atletas, que treinavam duas a três vezes ao dia e estavam habituados a competir de 15 em 15 dias, “de repente tiveram de parar, estar fechados, e foi muito complicado gerir isso“.

“Devido à pandemia, achámos que talvez Coimbra, neste momento, em termos de segurança, ofereça melhores condições, existindo um grande envolvimento da Câmara, da Universidade de Coimbra e de toda a gente para que as coisas corram bem e os atletas também se sintam bem aqui”, referiu.

O dirigente salientou que a FPJ esteve “sempre em contacto” com os atletas, através dos treinadores, que iam fazendo alguns planos de treino e mantendo o contacto com os judocas para saber “se era preciso alguma coisa e se estavam de facto a treinar”.

“A equipa que está aqui é a principal, são os atletas olímpicos que têm mínimos para os jogos. Preferimos começar com um grupo mais reduzido, escolhendo os melhores atletas do momento e aqueles que nos ofereciam mais garantias em termos de responsabilidade e de segurança”, sublinhou Jorge Fernandes.

Dois dos atletas convocados acusaram positivo para a doença Covid-19 no rastreio efetuado antes do estágio, mas “o sistema funcionou bem e, em duas horas, estava tudo tranquilo e resolvido com o delegado de saúde”.

“O importante é o estágio, foi por isso que viemos, e esta situação parece que foi um teste ao sistema, que funcionou e o estágio está a correr bem, com os atletas satisfeitos”, reforçou Jorge Fernandes.

O estágio, que decorre nas instalações do Judo Clube de Coimbra, no Estádio Cidade de Coimbra, termina no sábado, mas, no dia 01 de julho, tem início outro, também em Coimbra, que se prolonga até ao dia 4.