O tradicional Pão de Forma, um dos modelos mais emblemáticos da Volkswagen, é hoje mais conhecido como Transporter, pelo menos nas versões com motores de combustão, sejam eles a gasolina ou a gasóleo. Mas o fabricante germânico está a preparar-se para lançar igualmente uma versão eléctrica do Pão de Forma, suportada na plataforma do ID.3, que enquanto protótipo era conhecida como ID. Buzz. Mas, ao que parece, já poderá ter denominação definitiva.

A Transporter assume-se como um furgão, com versões comerciais e de passageiros, de aspecto moderno e funcional, capaz de rivalizar com a cada vez maior concorrência. O ID. Buzz é uma solução distinta. Não só por ser eléctrica, mas por remeter de forma muito evidente ao Pão de Forma de 1949, que depois ficou “colado” à revolução americana flower power dos anos 60 e 70.

8 fotos

Agora a notícia é o facto de a marca alemã ter registado o termo e-Samba, desde sempre associado ao Pão de Forma na versão de passageiros, não faltando quem afirme que será esta a denominação comercial a usar pela versão de série do concept ID. Buzz.

A plataforma MEB tem tudo para servir o e-Samba, a começar por uma ampla distância entre eixos, o que lhe assegura uma generosa habitabilidade, aliada ao facto de mesmo na versão de dois motores, um sobre o eixo dianteiro e o segundo sobre o traseiro, estes ocuparem pouco espaço.

Podendo acolher um pack de baterias com uma capacidade de até 111 kWh e 369 cv de potência total, o e-Samba será proposto em versões de passageiros e comercial. Resta agora aguardar pelo anúncio oficial, que deverá surgir no próximo ano, tanto mais que o furgão eléctrico não é esperado antes de 2022.