Seis trabalhadores de um hipermercado do Grupo Sonae em Torres Vedras, no distrito de Lisboa, estão infetados com covid-19 e uma centena foram testados e aguardam por resultados, disse esta quinta-feira a autoridade regional de saúde.

Questionada pela agência Lusa, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) esclareceu que existem seis casos positivos entre os funcionários, sendo três do hipermercado, um da loja de eletrodomésticos, um da loja de produtos de bem-estar e outro externo.

Segundo a mesma fonte, mais de uma centena de funcionários já foi testada, aguardando pelos resultados.

Sem confirmar ou dar dados do número de infetados e dos funcionários testados, a cadeia de hipermercados Continente confirmou à Lusa que, “por indicação da Autoridade de Saúde local e com o objetivo de prevenção e deteção precoce de casos, todos os colaboradores do Continente Modelo de Torres Vedras e das lojas da galeria comercial, embora assintomáticos, vão ser testados”.

Hipermercado e lojas encontram-se abertos, em paralelo, é feita a limpeza e desinfeção da área.

A empresa esclareceu que, “ao abrigo do Plano de Contingência da Sonae MC em qualquer caso de suspeita de covid-19 ou de colaborador confirmado procede-se ao seu distanciamento das instalações e é imediatamente contactada a Autoridade de Saúde”.

Entre as medidas preventivas da covid-19, a cadeia de hipermercados verifica a temperatura e eventuais sintomas aos colaboradores, instalou barreiras acrílicas de proteção nas zonas de pagamento e balcão de informação, reforçou a higiene e limpeza dos locais de trabalho, desinfeta os carrinhos de compras todos os dias, disponibiliza gel desinfetante a clientes e funcionários, assim como luvas e máscaras aos colaboradores.

Torres Vedras regista 168 casos de infeção, dos quais 88 estão ativos, 75 estão recuperados e oito morreram.