Um avião da companhia aérea Ryanair aterrou esta sexta-feira em segurança em Oslo depois de uma ameaça de bomba recebida em pleno voo, anunciou a polícia norueguesa, adiantando que todos os passageiros já foram retirados do aparelho. O avião, que fazia a ligação Londres-Oslo, aterrou sem problemas no aeroporto internacional de Gardemoen, cerca de 50 quilómetros a nordeste da capital da Noruega.

“Todos os passageiros foram retirados”, escreveu a polícia no Twitter, pouco depois da aterragem.

A polícia não divulgou até ao momento o número de passageiros ou o modelo do aparelho, nem qualquer pormenor sobre a ameaça. Um importante dispositivo policial foi mobilizado para o aeroporto, incluindo forças de intervenção e uma unidade de desativação de explosivos, que iniciaram uma inspeção do aparelho.

Segundo o Ministério da Defesa da vizinha Dinamarca, o avião foi escoltado por caças F-16 dinamarqueses que ultrapassaram a barreira do som para se aproximar do aparelho.