A imagem de uma enfermeira libanesa com três recém-nascidos nos braços no Hospital Al Roum em Beirute, no meio de destroços, pouco depois das explosões que atingiram a zona portuária de Beirute está a ficar viral na internet.

Registada pelo fotojornalista Bilal Marie Jawish, que acompanhava a chegada dos feridos ao hospital universitário marcado pelo rasto da destruição, a fotografia está a circular rapidamente no Facebook: já teve 5,8 mil reações e 4,7 mil partilhas em menos de dois dias.

A foto foi publicada na rede social do fotojornalista que afirma que em 16 anos de profissão” nunca vira um cenário como aquele a que assistiu no dia 4 de agosto, em Ashrafia.

16 سنة من التصوير الصحفي والكثير من الحروب. استطيع ان اقول لم أرى كالذي رأيته اليوم في منطقة الاشرفية, وخصوصا امام…

Posted by Bilal Marie Jawich on Tuesday, August 4, 2020

“Posso dizer que ainda não tinha visto o que vi hoje na área de Ashrafia, especialmente em frente ao hospital. Essa heroína estava dentro do hospital. Estava a segurar três bebés recém-nascidos e à sua volta estavam dezenas de mortos e feridos”, escreveu o fotógrafo no Facebook.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Segundo contou Jawish à CNN, várias unidades do hospital — incluindo a maternidade — viram paredes e partes do teto desabar, chegando a danificar 80% do hospital. O fotojornalista contou também que mais tarde encontrou a enfermeira e ela lhe disse que naquele momento tinha “ficado  inconsciente” e só “acordou” quando se viu a carregar os bebés.

A identidade da enfermeira “heroína” ainda não é conhecida.