A CP decidiu prolongar a campanha 2020 do Comboio Histórico do Douro por mais dois sábados até 10 de outubro devido ao “sucesso da procura”, anunciou esta segunda-feira a empresa.

Face ao sucesso da procura para o Comboio Histórico do Douro, que registou lotação esgotada em todas as circulações, a CP — Comboios de Portugal decidiu prolongar a campanha 2020, por mais dois sábados, a 03 e 10 de outubro”, referiu a empresa em comunicado.

Este ano a campanha do comboio histórico arrancou a 1 de agosto, na altura com nove viagens agendadas todos os sábados até 26 de setembro.

A composição inclui cinco carruagens de madeira, datadas do início do século XX, e a locomotiva a vapor, percorrendo o percurso habitual, entre o Peso da Régua (distrito de Vila Real) e o Tua (distrito de Bragança), com paragem na vila do Pinhão.

De acordo com a empresa, devido às orientações decorrentes da atual situação de saúde pública, provocada pela pandemia de Covid-19, as viagens realizam-se com “lotação limitada a dois terços da sua capacidade total”.

Devido a esta limitação o número de lugares oferecido é de 168 por circulação. É obrigatório o uso de máscara a bordo, durante todo o percurso da viagem.

Segundo a CP, no próximo domingo, o comboio histórico vai realizar uma viagem dedicada apenas a profissionais de saúde. Com esta viagem, a empresa “pretende sinalizar o reconhecimento e agradecimento aos profissionais de saúde pelo seu notável e imprescindível papel no combate à pandemia Covid-19”.

A empresa referiu que o programa tem início na estação da Régua e, antes do embarque, cantares tradicionais da região e um brinde de vinho do Porto dão as boas vindas aos clientes.

Os bilhetes podem ser comprados online, com preços que variam entre 20 euros para crianças (dos 4 aos 12 anos) e 42.50 euros para adultos. Em 2019, a campanha decorreu entre 1 de junho e 26 de outubro. O programa do comboio histórico na linha do Douro arrancou no final da década de 90.