Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Rede Expressos vai suprimir toda a atividade de transporte de passageiros entre as 00h do dia 30 de outubro e as 06h de 3 de novembro.

Em comunicado, a empresa explica que a “determinação do Governo de não autorizar a circulação de pessoas entre concelhos, com exceções muito específicas, impede que a Rede Expressos possa realizar a sua operação de uma forma normal”.

A Rede Expressos assegura que a operação fica normalizada, em termos de horários e de itinerários, no dia 3 de novembro e alerta que todos os passageiros “que adquiriram antecipadamente os seus bilhetes poderão ser reembolsados ou revalidá-los sem custos”.

Segundo a informação disponibilizada no site, a revalidação sem custos deverá ser requisitada até ao dia 29 outubro às 18h nas bilheteiras onde os bilhetes foram adquiridos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR