Um Boeing 747-400 incendiou-se esta segunda-feira no Aeroporto de Castellón, uma localidade a cerca de 100 quilómetros de Valência. O avião pertencia à British Airways, mas já não realizava voos. As imagens, que rapidamente chegaram às redes sociais, mostram a parte do cockpit em chamas.

O fogo já foi extinto pelos bombeiros do aeroporto e pelos bombeiros de Castellón. Não há feridos a lamentar. Como medida de precaução, todos os aviões foram retirados da pista onde o incêndio deflagrou.

Um dos responsáveis dos bombeiros de Castellón admite que o incêndio tenha começado quando os trabalhadores do aeroporto faziam a manutenção e crê que o fogo deflagrou após o corte de um tubo de oxigénio, ao que disse Abel Ibáñez à imprensa local. No entanto, as autoridades aeroportuárias estão ainda a investigar o caso. 

O último voo deste avião, com origem em Londres, Heathrow, ocorreu em agosto e tinha como objetivo estacioná-lo permanentemente no aeroporto espanhol.

Também chamada “rainha dos céus”, a companhia aérea britânica terá decidido parar estas aeronaves devido à queda do número dos passageiros, que foi originada pela pandemia de Covid-19.