Quatro pessoas da mesma família foram assassinadas na noite de sábado nas instalações de uma escola onde viviam nos arredores de Maputo, disse esta terça-feira à Lusa fonte do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic).

Trata-se de pai, mãe e dois filhos, que foram assassinados por desconhecidos “com o uso de instrumentos contundentes”, disse Elino Panguana, porta-voz do Sernic na província de Maputo.

Segundo aquele responsável, a família vivia na escola em Tchumene onde o pai trabalhava como segurança.

Os suspeitos “levaram uma impressora” da escola, mas a polícia continua sem ter pistas sobre “as reais motivações deste assassínio”, referiu Panguana.

“O serviço de investigação criminal está a tentar apurar o que terá acontecido”, concluiu.