No primeiro fim de semana de debates presidenciais, o confronto entre Marcelo Rebelo de Sousa e Marisa Matias foi o mais visto pelos portugueses. Segundo os dados da MediaMonitor, a que o Observador teve acesso, foram cerca de 833 mil espectadores de audiência média que, no sábado, assistiram ao frente-a-frente transmitido pela RTP1, o primeiro a ser transmitido pelas televisões e o que recolhe, para já, o maior share (14,3%).

O debate onde Marisa reconheceu a vitória de Marcelo

Em segundo lugar, ficou outro debate transmitido em sinal aberto. O confronto entre Marcelo Rebelo de Sousa Tiago e Mayan Gonçalves, o candidato apoiado pela Iniciativa Liberal, teve uma audiência média de 671 mil espectadores e foi também transmitido pela televisão estatal.

Por último, com a menor audiência, surge o frente-a-frente entre João Ferreira e André Ventura, transmitido na TVI24. Ao contrário dos anteriores, o embate entre o comunista e o líder do Chega foi transmitido apenas na televisão por cabo. No final, teve uma média de 126 mil espectadores.

Popularidade vs. utopia. Como Mayan forçou Marcelo a ir a jogo

O primeiro fim de semana de 2021 marcou o arranque dos debates entre os candidatos às eleições presidenciais que serão, no total, 27. Nas últimas presidenciais, em 2016, as televisões transmitiram 21 debates durante os primeiros 19 dias de janeiro. A maior audiência foi a do frente-a-frente entre Marcelo Rebelo de Sousa e Sampaio da Nóvoa, com uma audiência média de 1,2 milhões.

Há quatro anos, no primeiro fim de semana de debates, o mais visto foi o confronto entre Marisa Matias e António Sampaio da Nóvoa, que rondou uma audiência média de 602,3 mil espectadores.

Debate aceso. João Ferreira e Ventura trocam de acusações de “mentiroso” a “ídolo de Kim Jong-Un”

Para os debates desta segunda-feira — Marcelo e João Ferreira (TVI), Marisa e Ana Gomes (SIC Notícias) e Tino de Rans contra Ventura (RTP3) — ainda não há valores.