O Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), no Porto, tem 105 doentes internados com Covid-19, sendo que 34 estão na Unidade de Cuidados Intensivos. Fernando Araújo, presidente do Conselho de Administração, fez esta sexta-feira um ponto de situação e admite ser “expectável” haver um “aumento elevado de casos” na região Norte nos próximos dias.

“Olhando para o que está a acontecer mais na região Sul e Centro, é expectável que na região Norte, nos próximos dias, possamos ter um aumento elevado de casos. Estamos a preprarmo-nos para os cenários mais exigentes, esperando que tal não aconteça”, referiu Fernando Araújo, no final de uma visita às obras da nova ala pediátrica.

Atualmente, o CHUSJ está no nível 2 do plano de contingência e a “aproveitar as condições para recuperar listas de espera e para tentar dar uma resposta aos doentes não Covid-19”.

Se a situação piorar, o hospital poderá avançar para o nível 3 (a última vez que este nível foi ativado foi em outubro do ano passado). Até lá, garante o responsável, está a ser feita “uma gestão adequada e equilibrada”. “O plano de contingência obriga-nos a ter cautela redobrada e a manter uma estrutura sempre preparada para que, se houver algum aumento que é expectável de doentes, tenhamos uma resposta adequada”, sublinhou.