Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Mais de dois milhões de trabalhadores por conta de outrem em Portugal têm um vencimento mensal igual ou inferior a 800 euros, segundo dados da Segurança Social citados pelo Correio da Manhã. Serão cerca de 2,1 milhões trabalhadores que incluem 164 mil que ganham menos de 600 euros por mês.

Os dados citados pelo jornal mostram, por outro lado, que no último escalão estão apenas 42 mil contribuintes – que ganham mais de quatro mil euros por mês.

O intervalo salarial entre 601 e 800 euros é aquele que inclui mais trabalhadores por conta de outrem em Portugal – 1.956.528 contribuintes, segundo a Segurança Social.

Entre os cerca de 3,5 milhões de trabalhadores dependentes, o salário médio calculado pela Segurança Social é de 1.162,55 euros.

E são as empresas de menor dimensão que pagam, em média, os salários mais baixos (836,18 euros). Já as empresas com entre 401 e 1.000 trabalhadores pagam ordenados de 1.374,69 euros, em média.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR