Há 87 anos, no dia 19 de maio de 1935, morreu o famoso militar, escritor e arqueólogo T. E. Lawrence, também conhecido como Lawrence da Arábia — sim, o homem que inspirou o clássico filme de 1962.

Nascido a 16 de agosto de 1888 no norte do País de Gales, Thomas Edward Lawrence mudou-se para Oxford com a família oito anos depois. Aqui, Lawerence estudou tanto arquitetura como arqueologia, e, em 1909, viajou para a Síria e a Palestina — então controladas pelo império (turco) otomano, conta o canal História.

Em 1911, ganhou uma bolsa para integrar uma expedição arqueológica em Hittite, junto do rio Eufrates, onde trabalhou durante três anos, aprendendo mais sobre a língua e a cultura árabe. Em 1914, quando eclodiu a guerra entre os impérios britânico e otomano, os mapas que Lawrence traçou da região de Sinai, na fronteira entre a Arábia e o Egito, revelaram-se de grande valor militar para o exército britânico.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.