801kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Morreu Terry Hall, vocalista dos The Specials. Tinha 63 anos

Este artigo tem mais de 1 ano

Um dos vocalistas da banda britânica The Specials, Terry Hall morreu esta segunda-feira à noite, aos 63 anos. Com o grupo politizado influenciado pelo ska e 2-tone gravou canções como "Ghost Town".

The Specials Perform At Paradiso In Amsterdam
i

Terry Hall fotografado numa atuação ao vivo, há cerca de seis meses (a 28 de junho deste ano)

Dimitri Hakke/Getty Images

Terry Hall fotografado numa atuação ao vivo, há cerca de seis meses (a 28 de junho deste ano)

Dimitri Hakke/Getty Images

Terry Hall, vocalista da banda The Specials, morreu esta segunda-feira à noite com apenas 63 anos, após doença repentina, anunciou a banda britânica em nota partilhada através das redes sociais.

“É com grande tristeza que anunciamos a morte, depois de uma doença repentina, de Terry, o nosso lindo amigo, irmão e um dos mais brilhantes cantores, compositores e letristas que este país já produziu”, lê-se num comunicado divulgado pelo grupo formado em 1977 em Coventry.

“A sua música e as suas performances revestiram a própria essência da vida… a alegria, a dor, o humor, a luta pela justiça, mas principalmente o amor”, acrescentou a banda. Os The Specials pediram ainda respeito à privacidade da família do músico, sem adiantarem detalhadamente as causas da morte.

Terry Hall The Specials The Specials In Los Angeles The Specials live, seaside tour 1980

Terry Hall e os The Specials, no final da década de 1970 e início dos anos 1980

David Corio/Redferns/Getty Images

O músico ganhou notoriedade nas décadas de 1970 e 1980, enquanto um dos vocalistas de uma banda que marcou o panorama musical nestas décadas. Fê-lo misturando letras politizada e socialmente interventivas com os ritmos festivos do ska, da música rocksteady (com origem na Jamaica) e do two-tone, esta última uma estética musical muito popular no Reino Unido no final dos anos 1970 e no início da década de 1980, cruzando esse balanço sobretudo jamaicano com a new wave e o punk daquela época.

Foi precisamente nesta altura que os The Specials tiveram maior impacto, com canções como “Too Much Too Young”, “A Message to You Rudy”, “Monkey Man”, “Ghost Town” e “Friday Night, Saturday Morning” e com álbuns como The Specials (1979) e More Specials (1980), os dois primeiros da discografia do grupo.

Ainda na década de 1980, o grupo parou depois de Jerry Dammers, teclista fundador e compositor da banda, ter terminado a sua ligação aos The Specials para se dedicar mais intensamente ao ativismo político.

A banda voltou em 1993, já sem Dammers como membro, tendo tido de atividade regular e apenas com paragens intermitentes daí em diante. Foram editados álbuns como Today’s Specials (1996) e Guilty ’til Proved Innocent! (1998) ainda nos anos 90, Skinhead Girl (2000) e Conquering Ruler (2001) nos anos 2000 e mais recentemente Encore (2019) e Protest Songs 1924-2012 (2021).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar
Junte-se ao Presidente da República e às personalidades do Clube dos 52 para uma celebração do 10º aniversário do Observador.
Receba um convite para este evento exclusivo, ao assinar um ano por 200€.
Limitado aos primeiros 100 lugares
Assinar agora Ver programa