Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Siga o nosso liveblog sobre a viagem espacial de Mário Ferreira

Uma tempestade abateu-se durante a madrugada sobre Corn Ranch, uma base de lançamentos de missões espaciais na cidade norte-americana de Van Horn. É quinta-feira, 4 de agosto, e preveem-se temperaturas na ordem dos 40ºC por causa de uma onda de calor que se abateu sobre o Texas. Estava tudo planeado para, 71 minutos depois de o Sol nascer, às 8h30 locais e às 14h30 de Lisboa, um marco histórico ser cumprido às portas do universo por Mário Ferreira. Mas quem espera duas décadas para cumprir um sonho espera mais 26 minutos. E, por isso, só quando as nuvens deram tréguas é que o empresário de 54 anos se tornou o primeiro português a chegar ao espaço.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.