Rádio Observador

Crónica

Ao ministro Cabrita, os carecas agradecidos

Autor
  • Luiz Cabral de Moncada

O que é que se pretende? Um homem novo escorreito, bonito, higiénico e saudável promovido por uma ideologia baseada na boa aparência e no uso da escova de dentes?

O governo publicou um inacreditável regulamento disciplinador do acesso ao concurso para guardas florestais. Excluídos ficam, pelo menos, os carecas, os gagos, os tatuados e os que padecem de várias cáries dentárias. É de espantar. Há poucas normas constitucionais que este regulamento não viole. Não as vou enumerar para não maçar os leitores, mas são muitas acreditem.

O responsável, o ministro Cabrita, lá apareceu, penhorado, a emendar a mão da asneira que patrocinou e que se prestou ao gozo público. Afinal parece que só os gagos vão continuar impedidos. Parece que desistiu dos carecas (ainda bem para mim e mais meio milhão de portugueses), dos tatuados e dos cariados pois que, pelo que a estes toca, percebeu certamente que teria de lhes mandar abrir a boca como se fazia aos cavalos nas feiras de gado à procura de vícios redibitórios.

O grave é o que isto tudo revela. O que é que se pretende? Um homem novo escorreito, bonito, higiénico e saudável promovido por uma ideologia baseada na boa aparência e no uso da escova de dentes? O totalitarismo sempre usou e abusou destas considerações. Não me peçam para dar exemplos.

O ministro Cabrita está no bom caminho. Proponho até que envie aos centros de recrutamento de guardas florestais para servir de modelo aos futuros candidatos uma fotografia do próprio de corpo inteiro e sorridente com aquele sorriso, parafraseando Mário Cesariny, de quem sabe e gosta de ter muitos e brancos dentes à mostra. Ficamos todos a ganhar.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

A direita em crise?

Luiz Cabral de Moncada

A perda de terreno eleitoral pela direita só significa que a esquerda assimilou o que aquela de melhor tem, o liberalismo económico e social. Está em crise? Não, já ganhou no terreno das ideias.

Política

A protecção da família em Portugal

Luiz Cabral de Moncada
228

A família, enquanto célula principal da sociedade e berço da moral, como bem se sabe na Calábria, está mais garantida do que nunca. Nunca será esquecida pelos partidos quando no poder político.

Crónica

I love Portugal /premium

Alberto Gonçalves
2.410

Os portugueses lúcidos, coitados, padecem da esperança de que os portugueses restantes acordem para as delícias da liberdade. Sucede que para os simplórios a liberdade não é deliciosa: é uma ameaça.

Crónica

Por cá, na Quinta…

Pedro Barros Ferreira
200

Estes prodígios das finanças criticam tudo e todos, direita e esquerda. Nada lhes serve. O que interessa é o que Estado volte a abrir os cordões à bolsa (e nisso os socialistas são bons, sem dúvida).

Crónica

Carta do Di Maria escrita por um médico português

Fernando Leal da Costa
382

Com as devidas adaptações poderia ter sido escrita por um qualquer trabalhador em Portugal ou no mundo inteiro. Por qualquer profissional! Se por um futebolista teria sido lida por milhões de sabichões

Política

The winter is coming

Pedro Barros Ferreira
209

Para travar esta frente fria, é necessário que alguém – por favor alguém! – saia do armário e afirme sem medo que quanto maior for a presença do Estado nas relações humanas maior é a corrupção.

Crónica

O que fazer quando se fazem 50 anos /premium

Alberto Gonçalves
1.198

Se o que importa é o que fazemos com os anos, a verdade é que, nestes 50, fiz o que quis, o que pude, o que soube e principalmente o que calhou. Amanhã, faço 50 anos. E depois de amanhã, faço o quê?

Crónica

Cavaco não tem saco para falar do saco /premium

Tiago Dores

Cavaco sempre foi um homem das contas. Menos das contas relativas ao financiamento da sua campanha para as Eleições Presidenciais de 2011. Dessas não fazia ideia rigorosamente nenhuma, como é óbvio.  

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)